Google+ Badge

sexta-feira, 8 de janeiro de 2016

Nossas Conquistas Geográficas

Nossa história em viagens internacionais é inusitada, pois começou a ser escrita em 2012 pelo "Fim", ou seja, na viagem "Motociclando a Vida numa Fria" a qual eu e a Mari rodamos solo de motocicleta 14.000 km pelo Sul da América do Sul com a intenção principal de conquistar o Fim do Mundo (Ushuaia, Argentina). Logo após, em 2014, eu e o amigo Carlos Augusto Oliveira Silvera concluímos de moto a "Expedición Pachamama" percorrendo 10.500 km com o intuito de chegar ao Trópico de Capricórnio (Antofagasta, Chile). Em 2015, depois de muitos planos e estudos sobre: roteiros, veículos confiáveis, versáteis e que tivessem assistência técnica em toda a América do Sul etc, consegui concretizar meu sonho de levar a família (Eu, Mari, filha e mãe) para conhecer uma parte da majestosa e imponente Cordilheira dos Andes e chegar na tão sonhada linha do Equador (Quito, Equador), na aventura denominada "Expedición La Mitad del Mundo", viajando a distância de 18.500 km de Jipe. Abração. Saudações mototurísticas e jipeiras.

Mapa representativo das Nossas Conquistas Geográficas
Fin del Mundo, Ushuaia-Arg (54°48'26''S 68°18'09''W)
Finalizando a Ruta Nacional Argentina N°3, Ushuaia-Arg (54°51'19''S 68°34'35''W) 
Monumento ao Trópico de Capricórnio, Antofagasta-Chi (23°26'36''S 70°25'42''W)
Monumento ao Trópico de Capricórnio, Antofagasta-Chi (23°26'36''S 70°25'42''W)
Linha do Equador calculada com GPS Militar, Museo de Sitio Intiñan Camino del Sol, Quito-Equ (00°00'00'' 78°27'15''W)
Linha do Equador calculada com GPS Militar, Museo de Sitio Intiñan Camino del Sol, Quito-Equ (00°00'00'' 78°27'15''W)
Linha do Equador na Ciudad Mitad del Mundo, Quito-Equ (00°00'00'' 78°27'20''W)
Linha do Equador na Ciudad Mitad del Mundo, Quito-Equ (00°00'00'' 78°27'20''W)

segunda-feira, 7 de dezembro de 2015

(JIPE) Expedición La Mitad del Mundo

A Expedición La Mitad del Mundo teve como principal objetivo percorrer de jipe com a família (Eu, Mari, nossa filha Ariela e minha mãe) a distância de Rio Grande-RS em direção a Linha do Equador, mais precisamente a "Ciudad Mitad del Mundo", Equador. Percorremos um total de 18.500 km aproximadamente passando por Brasil, Argentina, Chile, Paraguai, Peru e Equador com o intento de descobrir as belezas naturais e interagir com as culturas destes belos e acolhedores países. Abração. Saudações mototurísticas e jipeiras.











domingo, 30 de novembro de 2014

(JIPE) Expedição Lagoa Mangueira via Cassino - A Maior Praia do Mundo

A "Expedição Lagoa Mangueira via Cassino - A Maior Praia do Mundo" foi realizada com os amigos jipeiros do grupo "Aventureiros de Plantão" no dia 14 de Janeiro de 2017. Uma região lindíssima, selvagem e singular a qual possui um Aquário Natural, a Lagoa Mangueira. (Assistir em HD). Abração. Saudações mototurísticas e jipeiras. 


sábado, 29 de novembro de 2014

(JIPE) Expedição Pico do Monte Negro

"Nóiz maior na Fita" (Eu, Mari e Ariela) com o Surfista Prateado e os amigos Delen, Mabel e a filha Lyra com o Olaf (O Boneco de Neve) resolvemos nos aventurar pela Rota dos Campos de Cima da Serra em busca do ponto mais alto do estado do Rio Grande do Sul o qual fica acima das nuvens, o Pico do Monte Negro com 1.403 metros. Nesta aventura de aproximadamente 1.700 km, nós encaramos durante o dia e à noite diversos tipos de estradas com variações de temperatura entre -5°C a 24°C. Saímos às 9:00 horas da manhã do dia 25 de Julho e retornamos às 3:00 da manhã do dia 30 de julho. Nós visitamos as cidades de Santo Antônio da Patrulha-RS (Terra das Rapaduras), Rolante-RS (Trilha das Andorinhas), Riozinho-RS (Cascata do Chuvisqueiro e Cascata das Três Quedas), Cambará do Sul-RS (Cânion Itaimbezinho, Cânion Fortaleza e Cachoeira do Tio França), São José dos Ausentes-RS a cidade mais fria do estado (Cachoeirão dos Rodrigues, Desnível dos Rios, Cânion e Pico do Monte Negro), Bom Jardim da Serra-SC e Lauro Müller-SC (Cascata da Barrinha e a Serra do Rio do Rastro) e Orleans-SC (Museu ao Ar Livre). Foi uma aventura fantástica. Direção e Produção Alysson Souza Aguiar. Abração. Saudações mototurísticas e jipeiras.


sexta-feira, 25 de abril de 2014

(MOTO) A Conquista do Fim Do Mundo

Como o propósito principal de nossa viagem "Motociclando a Vida numa Friaera a conquista do Fim do Mundo - Ushuaia-Arg, cidade criada com intuito de ser um dos mais seguros presídios do mundo que ajudaria no desenvolvimento da região-, do qual desejávamos voltar intactos do clima severo e das variadas adversidades destas altas latitudes, o título deste tópico poderia se chamar também de "A Fuga de uma Bandida". Sem dúvida, essa foi a viagem de nossas vidas, devido ter sido a nossa primeira viagem internacional, sendo ela solo e pela grandeza geográfica que foi percorrida. Foi uma viagem pelo Sul da América do Sul a qual percorremos em torno de 14.000 km em 43 dias. Fomos no período entre Fevereiro a Abril de 2012. Saímos de Rio Grande-RS em direção as belezas naturais da Patagônia e a Ushuaia (Fin del Mundo, a meca motociclística). Nossa meta era interagir com culturas distintas, fazer amizades e conhecer lugares paradisíacos. Exploramos desde os grandes centros urbanos aos naturais. É um grande prazer dividir esta nossa extraordinária aventura com todos os amigos e irmãos motociclistas. A seguir, vocês encontrarão um vídeo da viagem denominado "Motociclando a Vida Numa Fria" com uma compilação das melhores imagens e vídeos selecionados através de observações minuciosas, além de fotos, roteiro e fatos da viagem. Direção e Produção Alysson Souza Aguiar. Abraços. Saudações mototurísticas e jipeiras. 


quarta-feira, 23 de abril de 2014

(MOTO) Expedición Pachamama

O intento no início do vídeo Expedición Pachamama é mostrar nossa viagem de moto com a perspectiva voltada para as estradas enquanto que a parte final é dar ênfase aos lugares visitados. Foram aproximadamente 10.500 km percorrendo Brasil, Argentina, Chile, Peru e Bolívia. Tentamos extrair o máximo possível das belezas naturais da terra de Pachamama nestes 29 dias de viagem. Pachamama (Na língua quíchua Pacha significa "universo", "mundo", "tempo", "lugar" e Mama, "mãe", ou seja, "Mãe Terra") é a deidade máxima dos Andes peruanos, bolivianos, do noroeste argentino e do extremo norte do Chile. Direção e Produção Alysson Souza Aguiar. Abração. Saudações mototurísticas e jipeiras. 


terça-feira, 22 de abril de 2014

(MOTO) Camino de la Muerte - Bolívia

Fiz solo o Camino de la Muerte, Carretera de la Muerte ou Camino a los Yungas na Bolívia em maio de 2014 com uma motocicleta Suzuki Bandit 1250S (A Bandidona) a qual orquestrou a ruta. Esta estrada liga a capital La Paz a região dos Yungas. Possui aproximadamente 80 km de extensão sendo ela toda em rípio com curvas bem sinuosas, pista única, mão inglesa -sendo assim quem a desce terá que seguir pelo lado do penhasco-, encontra-se muito barro devido a umidade da região da mata, têm riachos e cachoeiras que caem sobre a pista entre outras singularidades. O Banco Interamericano de Desenvolvimento devido ao seu perigo extremo, número de acidentes e mortes ao ano batizou este caminho como a "Estrada mais Perigosa do Mundo". A estimativa é de 209 acidentes e 96 mortes ao ano ao longo da estrada (Fonte Wikipedia). Direção e Produção Alysson Souza Aguiar. Abração. Saudações mototurísticas e jipeiras.